Google AdWords: como funciona e o que você precisa saber pra anunciar no Google

Tempo de leitura: 3 minutos

AdWords ou Links Patrocinados é o principal serviço de publicidade do Google, responsável pela maior parte de sua receita. O Google AdWords pode ser dividido em três grandes áreas, sendo:

  • Publicidade na Rede de Pesquisa e Parceiros de Pesquisa (como o Globo.com, Terra e outros)
  • Publicidade na Rede de Display (sites e blogs produtores de conteúdo)
  • Publicidade em Vídeos do YouTube

Neste artigo vamos focar na Rede de Pesquisa. No artigo SEO: Desvendando a verdadeira essência comentei sobre a diferença entre os dois tipos de resultados exibidos pelos mecanismos de busca, ou seja, orgânicos e pagos.

E como falei neste mesmo artigo não é possível garantir a posição em que seu site aparecerá nos resultados orgânicos, mas é possível aplicar um conjunto de técnicas que chamamos de SEO (Search Engine Optimization) para posicionar melhor o seu site nos resultados orgânicos (aproveite e veja também estas 14 Dicas de ouro para otimizar seu site no Google).

Resultados pesquisa Google SERP
Os Resultados de Pesquisa do Google são divididos em Links Patrocinados (busca paga) e Resultados Orgânicos.

 

Mas é importante estar ciente que mesmo com uma boa aplicação destas técnicas o retorno de SEO vem em médio ou longo prazo. E dependendo das palavras chave para as quais você deseja otimizar seu site o investimento (não necessariamente financeiro) pode ainda ser bastante elevado, uma vez que produzir conteúdo relevante e acompanhar as mudanças constantes do Google é demasiadamente trabalhoso.

 

A alternativa? Invista no Google AdWords para resultados rápidos

No Google AdWords seus anúncios serão exibidos somente quando for feita alguma pesquisa por palavras chave relacionadas à sua campanha, e você só paga quando seu anúncio é clicado (CPC). Seus anúncios serão exibidos juntamente com os resultados de pesquisa orgânicos do Google, porém em posições privilegiadas (veja a imagem acima).

Assista este vídeo de Introdução ao Adwords:

 

Custo por Clique (CPC)

No AdWords você define o CPC Máximo que deseja pagar por uma visita gerada pela palavra-chave, porém o CPC Real é definido como R$ 0,01 (um centavo) acima do mínimo necessário para manter a posição do seu anúncio. Mas se você, por exemplo, definiu o CPC Máximo para a palavra “carros usados” como R$ 0,40 e o próximo anunciante definiu como R$ 0,20, não necessariamente você vai pagar R$ 0,21.

O Google AdWords vai mensurar quanto você deve pagar a partir de um cálculo feito em cima do lance de cada anunciante, atrelado ao Índice de Qualidade de cada um dos anúncios. O resultado deste cálculo define a posição de cada anúncio e o valor a ser pago por cada anunciante.

 

Classificação dos anúncios

A posição do anúncio na página de resultados do Google é definida pela fórmula:
Classificação do anúncio = CPC máximo X Índice de qualidade

O Índice de qualidade é determinado pelo histórico de desempenho no Google: sua taxa de cliques (CTR), a relevância do texto do anúncio, o histórico de desempenho da palavra-chave, a qualidade da página de destino e outros fatores de relevância.

Em resumo, o Google valoriza anúncios cujo conteúdo tem uma relação mais estreita com a busca realizada, com isso dificulta que empresas exibam anúncios nos resultados de pesquisa em setores não relacionados ao seu ramo de atividade.

Volto a falar da função do Google: retornar de forma mais rápida os melhores resultados para a pesquisa feita pelas pessoas. OK?

Experimente

Dependendo do perfil do seu negócio e do prazo desejado para se obter retorno vale muito a pena investir no Google AdWords por se tratar de publicidade altamente segmentada. Mas não abandone o SEO, e procure sempre otimizar o seu site para as pessoas. Faça um paralelo.

Teste sempre, experimente sempre. E se precisar, veja aqui como a RG Plus pode ajudar sua empresa a anunciar no Google.