Como escrever um bom Quem Somos?

Tempo de leitura: 2 minutos

Gosto bastante dos artigos escritos por Patrícia Machado no blog Papo de Empreendedor. Baseado na leitura de um dos artigos e da constante dúvidas de algumas empresas (geralmente micro e pequenas) quanto a escrita do texto institucional, achei interessante levantar estas dicas a seguir, preparadas pela revista Inc.

pessoas-empresa-quem-somos

Quem somos?

Uma das melhores maneiras de conhecer o trabalho desenvolvido por uma empresa é por meio do link “Quem Somos”, disponível no site institucional. Lá é possível conhecer os valores e as missões do empreendimento, bem como clientes e projetos realizados pela empresa. Além disso, é possível compreender a história do negócio e dos próprios empreendedores.

Negligenciar a importância do seu conteúdo, acreditando que ele não é lido pelos visitantes do canal virtual, e investir apenas na parte visual do site pode ser um erro. Isso porque é por meio desse conteúdo que possíveis clientes, fornecedores e investidores aprenderão sobre a empresa e poderão decidir se fecham ou não o negócio.

 

1. Forneça informações básicas e curiosas do negócio

Detalhar como surgiu a empresa, quem são os empreendedores e quais os valores e objetivos do negócio não pode ser excluído desse espaço. É importante também mencionar se a empresa possui mais de uma sede. Para não deixar o texto extenso e cansativo, é interessante contar curiosidades da constituição da empresa e possíveis hobbies dos diretores do negócio. Isso permitirá que o leitor ganhe proximidade com a empresa.

2. Mostre clientes e premiações da empresa (Prova social)

Para dar credibilidade ao negócio, é importante elencar nesse espaço os principais clientes e parceiros comerciais. A incorporação do logotipo dessas empresas na sua página pode ser um elemento interessante para o apelo visual. Mencionar prêmios e reconhecimentos recebidos pela empresa, bem como o trabalho de serviço comunitário e iniciativas sustentáveis, também ajudarão a tornar o negócio atraente.

3. Invista nas Redes Sociais

Agregar vídeos que mostrem a dinâmica da empresa é interessante para que o visitante crie proximidade com o negócio. Além disso, procure divulgar o link da sua página em redes sociais como Twitter, Orkut e Facebook. Caso a empresa ou o empreendedor possua um blog, é interessante divulgá-lo nesse espaço.

 

Bônus:

Complementando o item 1, lembre-se: pessoas compram de pessoas. Tome muito cuidado ao burocratizar demais e ao se esconder atrás da marca. Ser social está em alta, e existe grande vantagem em humanizar o processo.

A internet é uma rede de pessoas!